Janeiro: academias com muita gente, gente com muita dor!

  • 9 de janeiro de 2019

Chegou o ano novo! Chegou o verão!

 

E também chegaram as pessoas desesperadas nas academias!

 

Janeiro é – sem a menor dúvida- o mês mais lucrativo para as academias. A maior parte das pessoas quer correr atrás do prejuízo das festas de fim de ano, outras querem começar o ano novo com novos hábitos, com saúde e corpo em dia. É claro que essas pessoas pensaram a mesma coisa quando o ano passado começou. É muito comum o esvaziamento das academias ainda nos primeiros meses do ano, o que é uma pena!

 

Outra característica de janeiro é o número de pessoas lesionadas por causa desses desespero de ano novo. Esses indivíduos, na maioria das vezes sedentários, não entendem seus limites, o que combinado a um instrutor ‘meia boca’ pode ser o início de uma bela dor de cabeça. Existem relatos de pessoas que adquiriram problemas tão graves que não poderão sonhar com outra atividade de força por vários anos. Isso se aderirem ao tratamento bem e não desistirem de cara.

 

Agora, vamos ao que interessa:

 

Como não desistir da academia antes do fim do verão?

 

Você precisa ter noção e respeito pelo teu corpo. Antes de entrar em uma atividade, você deve procurar um fisioterapeuta para que ele prepare o teu corpo para qualquer que seja o tipo de exercício que você escolheu. Sempre defendemos que o melhor tratamento é a prevenção, então é bom não precisar fazer a recuperação após uma lesão, em especial quando ela pode ser evitada.

 

Giovanna Lopes, de 20 anos, começou a praticar musculação em janeiro do último ano. Em maio, o que começou como uma dor leve na coxa se tornou uma lesão que a deixou afastada até hoje da atividade que aprendeu a gostar:

 

“Se eu soubesse que existia fisioterapia preventiva, eu teria feito antes! A pior coisa é viver com dor”

 

Procure um bom profissional de educação física, consulte um fisioterapeuta e não leve o teu corpo sem o devido respeito!

 

A partir das próximas semanas, falaremos sobre as possíveis ‘lesões de verão’. Acompanhe!

 

Dan de Araújo é escritor, professor de idiomas e biólogo. O conteúdo apresentado no texto é fruto de pesquisa, devidamente validada pelo fisioterapeuta Santiago Munhos (CREFITO 3-81224-F). Em caso de dúvidas, contate-o!

 

Siga nossas redes sociais para mais informações:

 

Santibras Fisioterapia

Dan de Araújo